Moeda Única, Gasodutos e BNDES: resumo da visita de Lula à Argentina

Luiz Inácio da Silva, o novo presidente da Argentina, discutiu a criação de uma moeda única com seu país durante sua viagem ao país na semana passada.

Eles também discutiram outros assuntos econômicos durante seu mandato. Lula se encontrou com o presidente da Argentina, Alberto Fernandez, na Casa Rosada, prédio presidencial.

 

Pois as reuniões focaram no interesse do Brasil em fazer acordos entre países latino-americanos em ciência, tecnologia e energia. Lula também propôs a criação de uma moeda comum por meio de apoio financeiro; A Argentina concordou com essa ideia.

 

 

apenas uma moeda. O presidente Lula deixou claro ao governo argentino que é impossível cancelar o real ou o peso.

 

Como afirmou o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em reunião sobre o fim do EURO, isso prejudicaria os mercados financeiros. Em vez disso, Lula insistiu em manter a estabilidade monetária e manteve sua palavra.

 

O ministro da Fazenda do Brasil acredita que o fundo de garantia pode ser usado para pagar as exportações brasileiras. Assim, os dois países podem resistir ao uso do dólar por problemas fiscais e manter sua independência das pressões financeiras internacionais. Ele também afirmou que a taxa de inflação da Argentina aumentará para 94% em 2022, antes que outra crise econômica atinja o país.

 

  • fonte: tecmundo.com
Back To Top