Desenvolvedor Java: saiba o que você precisa para se tornar um!

Se você está procurando um emprego na área de TI, provavelmente já notou algo interessante. Entre todas as linguagens de programação, os trabalhos de desenvolvedor Java estão aumentando! A cada dia mais e mais empresas estão procurando e contratando novos desenvolvedores Java. Se você conhece muito bem Java e está procurando um desses trabalhos, há muitas opções por aí.

No entanto, depois de ler várias descrições de trabalho do desenvolvedor Java, você pode perceber que os requisitos de quase todos tendem a ser diferentes. Isso porque existem diferentes tipos de desenvolvedores Java trabalhando, de que tipo estou falando? Bem, continue lendo o artigo e descubra!

O que é um desenvolvedor Java

Um desenvolvedor Java é um profissional que pode desenvolver e implementar sistemas e aplicativos usando a linguagem Java.

Além disso, sua responsabilidade é analisar, testar e corrigir os programas desenvolvidos.

Os desenvolvedores Java geralmente enfrentam situações complexas porque o mercado de tecnologia varia muito de acordo com a localização e o segmento de mercado da própria empresa.

Depois de entender isso, você deve entender os conceitos por trás das atividades realizadas. Saiba como funciona, o motivo e a teoria de cada código.

De acordo com a Oracle, 9 milhões de pessoas em todo o mundo usaram Java para programar em 2016. Até hoje, esse número aumentou muito, mesmo com as novas tecnologias tomando espaço da linguagem.

Nesse sentido, os desenvolvedores Java podem aplicar seus conhecimentos em vários domínios, não se limitando apenas a um tipo de sistema ou software.

Aplicações Web

Como um dos aspectos mais evolutivos, o Java está presente em quase todas as aplicações web. Profissionais selecionados neste campo irão lidar com a criação de páginas interativas, conteúdo dinâmico e muito mais.

A principal ferramenta para desenvolvedores Java é o framework. Em aplicações web, o framework Spring é mais conhecido e traz mais recursos como o Spring Boot.

Desenvolvimento Mobile

De acordo com a Digitalks, um estudo de 2017 mostrou que 80% da internet é acessada por meio de dispositivos móveis. Este é um mercado emergente que merece mais atenção.

Os desenvolvedores Java serão responsáveis ​​pelo desenvolvimento e manutenção de aplicativos para telefones celulares e outros dispositivos móveis.

As plataformas Android, iOS e Windows Phone são desenvolvidas em Java, o que exige que os profissionais tenham amplo conhecimento das especificações, recursos e capacidades de cada sistema operacional.

O que é preciso para ser um desenvolvedor Java

Para ter sucesso nessa tecnologia, os desenvolvedores precisam saber algumas coisas para orientar seu conhecimento.

O Java passou por várias mudanças desde seu lançamento em 1995. Um dos orgulhos da comunidade é que a JVM (Java Virtual Machine) de hoje ainda pode ler e interpretar códigos daquela época.

Todas essas mudanças trouxeram novas funcionalidades da linguagem e da JVM, bem como o surgimento de alguns frameworks. Hoje, Java tem várias frentes e caminhos a seguir, por isso os profissionais precisam se especializar.

Nesse sentido, os desenvolvedores Java que desejam se destacar em suas carreiras precisam acompanhar os tempos. Uma das grandes vantagens que os desenvolvedores têm sobre os demais profissionais é obter a certificação na linguagem. Veja qual é o melhor para a sua situação e saiba mais!

Depois de aprender a linguagem, entender a sintaxe e como funcionam as linguagens orientadas a objetos, qual é o próximo passo?

Java Spring Framework

Minha sugestão é começar com a Primavera. Para começar, isso é muito mais simples. Se esta é sua primeira exposição à programação web, a única diferença é aprender Maven.

Entre suas muitas possibilidades, o Spring é um facilitador. Nesse sentido, o framework traz diversos módulos e projetos que abordam a linguagem Java.

Dentro do framework spring, o módulo principal é o Spring Boot! Simplifica o trabalho do desenvolvedor e o leva para uma fase de desenvolvimento puro sem perder tempo na configuração inicial.

Desenvolvendo com Java EE

Assim como o Spring Framework, o Java EE é uma ferramenta para facilitar o uso do Java e sua plataforma. Em suma, impõe uma especificação de solução para o desenvolvimento de software.

Como apenas a especificação aparece, ela precisa ser implementada. Junto vieram alguns nomes famosos como GlassFish, JBoss, que foi renomeado para Wildfly e a implementação do Apache.

O Java EE (Enterprise Edition) foi lançado antes do Spring, mas muitos dos recursos do EE não eram suficientes ou não funcionavam da maneira que os desenvolvedores Java queriam.

O Spring resolve todos esses problemas e se estabelece como a melhor ferramenta. Mas por que mencionar Java EE?

Na parte de acesso ao banco de dados, a tecnologia padrão da indústria é JPA (Java Persistence API), que faz parte do Java EE. Por estar bem resolvido aqui, o Spring não resolve esse problema.

Então ficamos com esses dois aspectos para resolver problemas diferentes.

Front-End vs. Back-End

A vantagem para desenvolvedores Java está no trabalho de back-end. Obviamente, é para isso que ele está estudando. Mas em muitos casos, a implementação requer conhecimento sobre o front-end.

Vou dar um exemplo: este trabalho consiste em um modelo monolítico e aplicação de visualização. Neste aplicativo, existem modelos, servidores e um banco de dados de pesquisa de dados para adicionar à página.

Um desenvolvedor Java precisa conhecer e entender o que são HTML, CSS e JavaScript porque ele precisa buscar esses dados do banco de dados e renderizar esses objetos em uma tela/visualização que o cliente final possa acessar.

Muitas vezes, é necessário conhecimento para gerenciá-lo usando modelos mais antigos, como thymeleaf ou JSP.

Este exemplo é importante, ele mostra como esses dois aspectos estão conectados, e os desenvolvedores Java às vezes podem acessar telas para implementar novos recursos ou corrigir bugs em sistemas de produção.

Quanto ganha um Desenvolvedor Java

De acordo com o Glassdoor, os desenvolvedores Java são muito valorizados e ganham um salário médio de R$ 4.536 por ser uma linguagem muito popular, aparecendo nos back-ends de empresas como Google, Youtube, Supercell e até Minecraft.

O valor médio dos profissionais juniores é de R$ 2.360, e o valor dos profissionais seniores é superior a R$ 6.500.

Esses valores tendem a ser maiores em capitais como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, que são centros de desenvolvimento mais maduros.

Como em outras áreas, quanto mais conhecimento um profissional traz para a empresa, mais ele recebe. Portanto, vale a pena mencionar que os frameworks adicionais (.js) que os desenvolvedores Java têm à sua disposição variam.

Quanto tempo leva para aprender a programar Java

O tempo para aprender a se tornar um desenvolvedor Java depende. Podemos começar em 2: O profissional já está programando e quer mudar para Java, ou não tem experiência em programação e escolhe Java como sua primeira linguagem.

Vamos começar pela sua inexperiência: Primeiro, quem quer aprender programação não deve começar com uma linguagem específica. O primeiro passo é realmente aprender lógica de programação.

Com concentração, a lógica e o básico do Java podem ser dominados em 2 ou 3 meses.

Além disso, orientação a objetos, conceitos mais profundos, bancos de dados… são apenas algumas das áreas que você precisa dominar para se considerar um desenvolvedor Java. Estima-se que levará aproximadamente 1 ano para iniciar o desenvolvimento de software e sistemas com todos os componentes necessários.

Onde encontrar vagas de programação em Java

E sua popularidade, encontrar um trabalho de programação em Java não é tão difícil! Por ser uma linguagem comum para vários backends de aplicativos, o mercado procura muitos profissionais nessa área.

Aqui, você encontrará uma plataforma completa de experiência de recrutamento. Existem muitas vagas de emprego Java e muitas outras linguagens.

Assim que seu cadastro estiver concluído e aprovado, a empresa entrará em contato com você e enviará convites para vagas de emprego, e você poderá escolher entre as opções e até escolher a que mais se adequa ao seu perfil.

Back To Top