10 skills de um desenvolvedor back-end de alto nível

O desenvolvedor backend é uma pessoa muito importante, todo o processo acontece nos bastidores, ele é o responsável por fornecer a dinâmica ao site, manipular os elementos que interagem indiretamente na rede, como bancos de dados, APIs, segurança, etc.

Em outras palavras, o desenvolvedor backend é responsável por tudo que “acontece nos bastidores” na hora de programar, toda a estrutura que suporta o que fazemos na máquina. Geralmente, programação, codificação e teste são feitos por humanos.

Existem algumas linguagens e tecnologias para desenvolvimento de backend, como:

Java

PHP

.NET (C#, VB)

C#

Ruby

Python

SQL

Node.js

Há uma demanda crescente por esses profissionais e, como resultado, mais e mais pessoas querem se tornar desenvolvedores de back-end.

Mas o que é preciso para se destacar no mercado e se tornar um profissional de primeira linha? É isso que você verá em nosso artigo de hoje.

Como funciona o back-end?

Essas linguagens ajudam os desenvolvedores de back-end a desempenhar o papel de produtores dos bastidores do programa.

Toda a lógica das regras de negócios e diretivas e comandos que fazem com que os aplicativos troquem informações e funcionem da maneira que deveriam ser é uma atribuição de back-end.

O que faz um desenvolvedor backend?

Habilidades do desenvolvedor de back-end

Os desenvolvedores de back-end atuam como uma ponte entre os dados do navegador e do banco de dados e vice-versa, aplicando regras de negócios, validações e garantias apropriadas.

Eles também devem ter a capacidade de implementar algoritmos e resolver problemas diretamente relacionados aos sistemas utilizados.

Habilidades de desenvolvedor back-end necessárias

Qualquer desenvolvedor de back-end deve saber:

Domine pelo menos um idioma de back-end

Os programadores de back-end devem conhecer pelo menos uma linguagem de programação de servidor.

Saber sobre Banco de dados

O conhecimento de várias técnicas de gerenciamento de banco de dados é outro requisito importante para desenvolvedores de back-end.

MySQL, MongoDB, Oracle, SQLServer, etc. são amplamente utilizados por profissionais de back-end.

Compreender mecanismos de cache como Memcached e Redis também é importante na vida cotidiana.

Entender sobre Servidores

Aqui estamos falando sobre como lidar com servidores Apache, Nginx, IIS, Microsoft IIS e similares.

Uma boa experiência em Linux também ajuda muito na administração do servidor.

API (REST & SOAP)

A compreensão aprimorada de serviços da Web e APIs também é importante para desenvolvedores de back-end. É necessário conhecimento envolvendo REST e SOAP.

Agora que sabemos quais são as habilidades básicas dos desenvolvedores de back-end, vamos falar sobre 10 habilidades dos principais desenvolvedores de back-end.

1. Sólido conhecimento de estrutura e modelagem de dados

É importante que os desenvolvedores possam aplicar o que aprenderam sobre bancos de dados relacionais e não relacionais.

Os programadores de back-end precisam saber quando escolher um e quando escolher o outro, e aproveitar ao máximo cada tipo de framework.

2. Boa comunicação

Estamos falando de uma comunicação simples e objetiva.

Para não confundir com falar de forma exagerada, uma boa comunicação é uma questão de bom entendimento, minimizando distorções e otimizando a produção.

Os desenvolvedores de back-end avançados precisam saber como educar usuários, clientes e outros desenvolvedores com base em sua situação.

3. Internalizar conceitos de UX e UI

UI e UX ainda são conhecimentos que levantam muitas questões no mundo da tecnologia.

São áreas de design que visam apontar a melhor estrutura de interface e uma experiência mais orgânica para os usuários, respectivamente.

Além de uma boa comunicação, a capacidade de internalizar esses conceitos pode levar os desenvolvedores a uma compreensão mais clara de seu pensamento, ajudá-los a analisar melhor os resultados da pesquisa, permitir que extraiam mais informações sobre as consultas dos usuários e ver os projetos como uma viagem.

4. Conhecimentos avançados sobre segurança

O vazamento de dados é um problema sério que pode custar muito dinheiro e questões legais para empresas com grandes bancos de dados.

As coisas ficam mais complicadas com a introdução de novas regulamentações sobre o assunto.

É importante que os desenvolvedores de back-end avançados sejam capazes de lidar com fatores de segurança que impedem esses problemas.

Ele deve seguir as melhores práticas de tecnologia da informação sobre o assunto e garantir que todas as partes envolvidas tenham acesso aos dados de forma segura e protegida.

5. Estruturação de projetos

Desenvolvedores de back-end avançados devem ser autogerenciáveis ​​e ter uma sólida compreensão do gerenciamento de projetos.

Seja qual for o modelo utilizado, seja Agile, Waterfall, SCRUM, XP, Kanban, etc., ele deve saber estruturar as funcionalidades relacionadas ao seu projeto da forma que melhor se adeque ao seu método de trabalho.

Esse tipo de programador é o entregador que precisa dividir o projeto em entregas relacionadas.

6. Arquitetura de software

A arquitetura de software inclui a definição de componentes de software, suas propriedades externas e suas conexões com outros softwares.

Além disso, o termo refere-se à documentação da arquitetura de software do próprio sistema.

Dominar tecnicamente uma arquitetura com várias camadas (serviços, controladores e modelos) significa facilitar a comunicação entre os envolvidos no processo, reduzindo problemas processuais e permitindo melhor utilização do sistema.

7. Otimização de código

Ter um conhecimento sólido de otimização de código permite que você gaste menos tempo analisando e corrigindo.

Conhecer a otimização de código também permite obter o desempenho necessário e evitar gargalos desnecessários e bugs inesperados.

Outro fator muito importante neste tópico é possibilitar a escalabilidade necessária na aplicação para torná-la bem-sucedida.

8. Manjar de tecnologias da web

Você pode achar essa habilidade um pouco estranha, não é?

Mas sim, quem disse que programadores de back-end não precisam conhecer tecnologia de rede?

Por exemplo, o backend deve ter um conhecimento sólido de tecnologias como HTML, CSS e JavaScript para trabalhar lado a lado com a equipe de frontend.

Não estamos falando de ser um especialista no assunto, ou ter um breve conceito, mas de poder se comunicar e resolver problemas sem barulho.

9. Dominar ferramentas de controle de versão

Quem não usa algumas ferramentas de controle de versão hoje em dia?

Isso já está presente no dia a dia de qualquer desenvolvedor de Git, CVS, Subversion e outras ferramentas desse tipo.

Então por que não dominar uma plataforma como o Git e otimizar ainda mais o seu tempo?

Dessa forma, você pode gerenciar seu código com mais eficiência.

10. Entender de Business

Se você quer ir mais longe em sua carreira e talvez se tornar um CTO algum dia, por exemplo, você precisa entender de negócios.

Você precisa entender o impacto dos custos em sua região, relacionamento com clientes, aspectos financeiros, econômicos, políticos, jurídicos e administrativos.

É ideal para combinar estudos com aprendizado de liderança, administração, gerenciamento de projetos e vendas.

Você tem que lembrar que seu negócio não é apenas sobre tecnologia.

E você, pode pensar assim? Conte-nos nos comentários quais habilidades você acha mais importantes e quais você acha que deveriam estar nesta lista.

Back To Top